Notícias

STRIPTEASE BURLESCO EM BELÉM

| Compartilhe

Matéria para o blog Quente e Úmido

A gente te conta tudo sobre um curso de Striptease Brlesco

Quando a nossa querida parceira do Miss Valentaine Lingerie nos convidou para um curso  strip tease burlesco, confesso que estava um pouco reticente quanto a proposta. Não por causa do curso em si, mas pela total falta de habilidade com a dança. Não é porque eu sou editora de um blog sobre sexo que não tenho as minhas neuras, oras. A diferença é que por causa do Quente e Úmido estou sempre aberta (opaaa) a experimentar coisas novas.

 

Para minha surpresa, nós passamos uma tarde deliciosa na companhia da educadora sexual Tarciana Chuvas. A piauense de sotaque carregado explica todos os movimentos com a maior paciência e bom humor. Primeiro, começamos pelo básico: o rebolado. Com algumas técnicas simples a professora nos ensinou como chacoalhar o quadril sem muita complicação. E não tem essa de ficar parada não. É preciso vencer a timidez e cair no rebolado. Tudo em cima de um bom salto, que alonga a silhueta e ajuda com a postura.

No segundo momento aprendemos um agachamento, como no funk “chão, chão”, que valoriza as pernas e o salto alto. O passo termina com uma subidinha empinando bem o bumbum, o que deixa qualquer coreografia com cara de profissional.  Calma, nada que as pobres mortais não possam fazer em casa.

Por último, foram os movimentos com a cadeira, sua melhor aliada em uma performance de strip tease burlesco. Com a cadeira, você ganha um ponto de apoio que facilita os movimentos e confere um charme todo especial à coreografia. Tarciana, apesar de ser uma mulher GG, gostosa, gostosa como ela mesma diz, consegue arrasar nas coreografias com muita flexibilidade, treino e autoconfiança.

O mais legal do curso para mim foi o trabalho com a autoestima. Antes das técnicas de strip tease, Tarciana passou um bom tempo trabalhando o espírito das alunas. Para ser sensual não é preciso ser bonita, é preciso se permitir, se entregar. Nós mulheres comuns temos todos o potencial de sedução que é preciso para o trabalho. Afinal, ninguém vai fazer curso de um dia e sair dançando como a Beyoncé, não é mesmo? Por isso, é importante se acreditar e se divertir no processo.

A finalidade do strip tease burlesco é o jogo de sedução, não propriamente a nudez. A graça está mais em provocar o parceiro do que revelar alguma coisa. A nudez pode ficar para um segundo momento, no rala e rola, por exemplo.

Vale destacar também que o visual do burlesco é puro luxo: lingeries transparentes, espartilhos, maquiagem bem marcada, acessórios, penas. Tudo isso vai contribuir para você se sentir ainda mais poderosa.

Ah, para quem não conhece, o burlesco tem suas origens nos music halls da Grã-Bretanha do século XIX.  Inspirado no estilo teatral Comedia Dell’arte, que mistura circo, acrobacias, pantomina (teatro com gestos),  os shows burlescos eram, antes de tudo, sátiras que entretinham as baixas e médias classes tirando sarro de óperas, peças e hábitos sociais das classes mais altas. Em 1860, mulheres nuas e com belas formas foram inseridas para manter a audiência interessada. Ou seja, mais que corpos nus, o burlesco busca entreter a plateia com boas risadas.

Hoje em dia, o burlesco não é só uma dança, mas um estilo de vida com maquiagens, roupas e gestuais ligados as pin-ups, o retrô e aos anos 40. Que o digam Ditta Von Teese,  maior estrela do burlesco no mundo, e a diva brasileira Cheesecake, que fizeram do strip tease burlesco profissão.

Se eu não sai de lá uma expert em strip tease, ao menos, deixei o curso bem mais confiante para fazer um. Ficou interessado? Confira a agenda dos próximos cursos da Miss Valentaine Lingerie. Com certeza deve ter algum do seu interesse.

 

Dicas de profissional:

  • Escolha uma música que você goste;
  • Treine com a roupa e o salto que vai usar no dia do Strip tease;
  • Faça o Strip tease por você, não só pelo gato/ gata;
  • Crie sua própria coreografia;
  • Saiba rir de si mesma;
  • Divirta-se.

Para assistir: “Nine”  “Burlesque” "Moulin Rouge"

http://quenteumido.com.br/blog/a-gente-te-conta-tudo-sobre-um-curso-de-strip-tease/

Carol Marçal é publicitária. Apaixonada por cinema, literatura e, é claro, sexo. Editora e idealizadora do Quente e Úmido. Nunca fez um strip tease na vida, mas está pensando seriamente em fazer um. 

 

Leia Mais
Publicidade